WPJ & Associados

  • Home
  • Serviços
  • Produtos
  • Projetos
  • WPJ Responde
  • The Money Call
  • WPJ no YouTube
  • [SIGNIN]
    [SIGNUP]

    Taxa referencial diária

    Média de diversas taxas de juro de mercado, a Taxa Referencial Diária — TR é um legado do período de hiperinflação (final dos anos 1980 e início dos anos 1990). Atualmente tem papel secundário na economia, sendo parte da remuneração dos depósitos de poupança e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço — FGTS (outra jabuticaba brasileira). Também é empregada na compensação inflacionária de algumas obrigações de longo prazo, como títulos de capitalização e financiamento imobiliário.

    Cálculo da TR

    Taxa Referencial Diária — 1º dia do mês, últimos 60 meses

    Cálculo da TR

    O cálculo da TR é feito pelo Banco Central do Brasil seguindo o disposto na Resolução nº 4.624 de 18 de janeiro de 2018.

    Seu cálculo segue a seguinte fórmula:

    \[ TR = \begin{cases} 100 \times \left(\frac{1 + TBF}{a + (b\,·TBF)} - 1 \right), \text{ se }\,1 + TBF \gt a + (b\,·TBF) \text{, ou} \\ 0, \,\text{no caso contrário.} \end{cases} \]

    onde

    A TR é arbitrada como nula quando o resultado da fórmula acima é negativo. Isto acontece quando a meta SELIC e, portanto, as taxas dos CDBs, estão também perto de zero.