Bons negócios.

O conceito de CAAS é muito interessante para quem tem boas ideias que podem ser implementadas como comunidades: clubes, ações sociais, grupos de interesses comuns ou mesmo estruturas comerciais. Por um lado, o custo de implantação de uma CAAS é relativamente baixo. E, por outro, o tempo para sua entrada em operação pode ser de apenas poucas semanas.

E, mais que tudo, o capital investido em “comunidades-como-serviços” tem boas ou mesmo excelentes expectivas de retorno: 2% a 3% anuais sobre o capital investido*.

INVESTIR

De fato, CAAS representam oportunidades com retornos atraentes face às demais alternativas de investimento. Investir no planejamento, implantação e operação de comunidades representa uma linha de negócios específica, a CAAB ou “community-as-a-business”.

A atratividade do investimento se deriva, em primeiro lugar, do volume de capital relativamente baixo para entrada em operações. E, em segundo, de aspectos intrínsicos ao conceito de “as-a-service”, como rápida adaptação a mudanças nos interesses dos clientes.

Outra característica da CAAB é a “reciclabilidade” do investimento. Em caso de baixo retorno inicial, o tema ou o público da CAAS pode ser alterado sem incorrer-se em grandes perdas. Nestes casos, extremos porém possíveis, as perdas se limitariam aos custos de modificação do website, do conteúdo exclusivo e da divulgação.

O custo de adequação visual do website é pequeno e o conteúdo pode ser adaptado ou simplesmente aproveitado em outros projetos. As perdas significativas podem se restringir, portanto, aos esforços de divulgação e contato com membros potenciais. Estes, entretanto, podem ser aproveitados para a promoção de outras CAAS que beneficiem o mesmo público.

(*) Razão entre o lucro operacional líquido após os impostos (NOPAT) e o capital originariamente investido para a implantação da CAAS. Valores fruto de simulações. Nenhum nível de retorno em investimento pode ser garantido.

SIMULAÇÃO

Para estudar a viabilidade das CAAS, a WPJ realiza simulações de fluxo de caixa. Abaixo apresentamos um simulador básico que permite analisar diferentes cenários. Basta definir os parâmetros ajustáveis e clicar o botão “Simular”.

O resultado é mostrado no gráfico mais abaixo.

PARÂMETROS

RECEITAS
Mensalidade. O valor pago pelo membro para pertencer à comunidade. R$
Impostos e cobrança. Percentual a deduzir do valor da mensalidade. %
Mensalidade líquida. R$
CRESCIMENTO DO QUADRO DE MEMBROS
Vendedores. Cada vendedor faz em média 52 contatos/mês. Isto significa 4 contatos por hora durante 6 horas a cada dia útil. Recomendamos dois vendedores.
Taxa de conversão. O percentual de contatos feitos pelos vendedores que resultam em novos membros da comunidade. %
Taxa de arrependimento. O percentual de novos membros que desiste no mês seguinte. %
Taxa de abandono. O percentual de membros que abandona a comunidade a cada mês (desinteresse, falecimento, etc). %
COMPARTILHAMENTO
Número de comunidades. Algumas despesas fixas de uma CAAS podem ser partilhadas com outras semelhantes.
DESPESAS OPERACIONAIS (MENSAL)
Despesas operacionais diversas. R$
Propaganda e marketing. R$
Serviços WPJ. Consultoria e software. R$
Contabilidade. R$
Assessoria jurídica R$
Escritório partilhado. Instalações e serviços. R$
FOLHA (salário + encargos)
Vendedor (fixo) R$ /mês
Vendedor (comissão). Percentual de comissão sobre a primeira mensalidade. %
Gerente e dois auxiliares. Partilhado com outras CAAS. R$
CONTEÚDO
Textos. Número de novos textos por mês. /mês
Vídeos. Número de novos vídeos por mês. /mês
Cursos. Número de novos cursos por mês. /mês
 

RESULTADO SIMULADO DE UMA CAAS

Valores em R$ 1.000

A linha azul representa o crescimento gradual das receitas em função do aumento do número de membros contribuintes da comunidade. O valor “default” do crescimento é conservador, apenas 52 novos membros por vendedor por mês. Já linha vermelha mostra as despesas acumuladas ao longo dos quatro anos de análise. Como neste modelo simplificado as despesas são fixas, a linha é uma reta.

O resultado comercial da CAAS é dado pela linha verde. Em geral, os primeiros meses trarão prejuízos que serão gradualmente recuperados. Na simulação, os prejuízos acumulados a cada mês devem ser repostos pelo investimento mínimo, representado pela linha dourada. O investimento tipicamente diminui à medida em que as receitas aumentam. Quando estas conseguem ser maiores que as despesas, o empreendimento cessa de acumular prejuízos e a linha verde se torna ascendente. Neste ponto, o investimento chegou a seu valor máximo: o empreendimento caminha com recursos próprios, o que é representado pela linha dourada se estabilizando na horizontal.

PRÓXIMO PASSO

Se você tem interesse em investir no mercado de “community-as-a-business”, entre em contato conosco pelo e-mail wpj@wpj.com.br ou pelos telefones na área de rodapé abaixo.


Esta página é voltada para quem está interessado em comunidades como investimento. Se você deseja transformar uma boa ideia em uma nova comunidade, por favor, acesse a página Realizar.